Clareamento Íntimo: O quão desafiador pode ser esse tratamento?

Como vocês já devem ter percebido, foi-se o tempo em que os tratamentos estéticos eram restritos apenas ao rosto e a determinadas áreas do corpo.


Hoje, da mesma forma com que nos preocupamos com nossa saúde e boa aparência, também olhamos com mais carinho para a nossa região íntima.


O escurecimento íntimo é uma queixa muito frequente e que incomoda, e o tratamento é seguro, sem necessidade de repouso, além de trazer de volta a juventude e o frescor visual da área íntima.



O que causa o escurecimento íntimo?


O escurecimento da região íntima é uma das queixas mais frequentes entre as mulheres, e sem dúvida, é uma das que mais causam desconforto emocional e bloqueios. Mas antes de tudo é importante saber que a região íntima feminina já é 1 ou 2 tons mais escura que o restante da pele, então é preciso alinhar as suas expectativas quanto a esse tratamento, pois mesmo após a realização do mesmo, é normal que a região continue um pouco mais escura que a pele da barriga, por exemplo.


O escurecimento pode ser agravado por situações que causam hiperpigmentação, uma reação inflamatória local. Hábitos de vida, fases da vida da mulher e até mesmo algumas doenças crônicas podem cursar o escurecimento íntimo, veja só:


• O excesso de roupas em altas temperaturas ou o uso calça jeans apertada em dias quentes aumentam a quantidade de suor na área e isso contribui para a proliferação de bactérias e fungos, o que pode inflamar e escurecer a pele da região íntima;


• O atrito constante entre as coxas, muito comum em pessoas com sobrepeso, pode causar uma inflamação que estimula a alta produção de melanina na região, contribuindo para a formação dessas manchas;


• Mudanças hormonais, como na gravidez e menopausa, também resultam no aumento da produção de melanina, que é o pigmento responsável por dar cor à pele. Com essa alteração, o pigmento em excesso acaba escurecendo a virilha;


• Em pacientes diabéticas pode aparecer a Acantose Nigricans, um sinal de resistência à insulina que se manifesta manchando a pele, principalmente nas regiões de dobras como nuca, axila e virilha.


Quais são os desafios desse tratamento?


O clareamento íntimo é um tratamento muito desafiador para o médico, e para garantir o sucesso do mesmo é preciso procurar um profissional habilitado para não correr riscos de sofrer um efeito rebote e piorar a hiperpigmentação.



Para o tratamento, fazemos uso dos peelings químicos, e para garantir um melhor resultado, podemos associar esses peelings a tecnologias como o microagulhamento e a luz pulsada.


Skincare íntimo no tratamento do escurecimento íntimo


Outro passo muito importante para garantir o sucesso do tratamento é o skincare íntimo em casa. Ter uma rotina de cuidados com a pele da vulva e virilha é parte crucial de todo o tratamento, pois isso irá melhorar e prolongar os resultados do tratamento.



Se o escurecimento íntimo é algo que lhe incomoda, não deixe de conversar com o seu médico sobre as possibilidades que existem para você!



Clínica Badra | Medicina & Estética

WhatsApp: (61) 99844-4380

SGAS 616, Centro Clínico Linea Vitta, Bloco B, Cobertura 212, Brasília - DF.



Nos siga nas redes sociais para mais conteúdos como esse:

Instagram: @clinicabadra & @drabadracapita

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo